Área do Cliente

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Notícias

Newsletter

INSTITUCIONAL: CGTI aprova mudanças no Plano de Contratações de Soluções de TI para 2018

O Comitê Gestor de Tecnologia da Informação da Justiça Federal da 1ª Região (CGTI-TRF1) aprovou mudanças no Plano de Contratação de Soluções de Tecnologia da Informação (PCSTI) para o ano de 2018. As alterações foram aprovadas durante reunião na manhã desta sexta-feira, 1º de junho, na sede do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), em Brasília. Esse foi o primeiro encontro do CGTI conduzido pelo presidente, desembargador federal Carlos Moreira Alves. Durante a reunião, o secretário de Tecnologia da Informação (Secin), Lúcio Melre da Silva, apresentou as seguintes propostas de inclusão no PCSTI deste ano: contratação de serviço de aferição de métrica de pontos de função; aquisição de ferramentas corporativas de microinformática; aquisição de impressoras para impressão de PVC; aquisição de impressoras Plotter; aquisição de licenças para o software Adobe; aquisição de equipamentos para a instalação de rede wi-fi na Seção Judiciária do Distrito Federal (SJDF) e adesão da SJDF ao sistema Infovia. Tendo em vista que todo o orçamento do Tribunal deve ser executado ainda este ano, algumas dessas propostas ficaram pendentes para serem rediscutidas no próximo encontro do CGTI, agendado para o dia 3 de agosto. O presidente do TRF1 elogiou o trabalho do CGTI em observar detalhadamente a situação orçamentária do Tribunal. “Nós estamos aqui autorizando a perspectiva de execução e de planejamento para o ano inteiro. No entanto, isso não significa que todas as deliberações aprovadas aqui serão de fato implementadas. Devemos envidar todos os esforços para nos antecipar às dificuldades que estão por vir. Quanto mais e melhor conseguirmos utilizar do orçamento atual planejando o uso dos orçamentos seguintes, melhor será para enfrentarmos essas dificuldades futuras”, pontuou. PJe - Outro assunto tratado no encontro foi a atualização do sistema Processo Judicial Eletrônico (PJe) da atual versão 1.7x para a versão 2.05. De acordo com o diretor da Coordenadoria de Infraestrutura Tecnológica, Bento Gomes Barbosa Junior, a migração dos sistemas tem exigido grande esforço das equipes de TI e da Secretaria Judiciária (Secju). “Atualmente, já estamos criando o banco de dados e a infraestrutura para a implantação total do sistema 2.05. Nossa previsão é que o sistema esteja em funcionamento no mês de agosto”, explicou. O presidente da Comissão do PJe, juiz federal Marcelo Albernaz, destacou as principais dificuldades enfrentadas para a atualização do sistema. “Essa questão da homologação para colocar o sistema em funcionamento é quase que uma corrida de obstáculos. Essa fase é pensada justamente para que os obstáculos sejam todos constatados e superados na fase de testes. A cada dia nos deparamos com um novo problema a ser corrigido para que ao fim esteja tudo acertado. Entramos nessa etapa agora”, esclareceu. O desembargador federal Carlos Moreira Alves finalizou a reunião agradecendo o empenho de todos os integrantes do CGTI. “As dificuldades financeiras devem ser enfrentadas com dois pressupostos principais: criatividade e amor no coração. A melhor forma para enfrentar os problemas é procurar otimizar os trabalhos e o coração e o pulmão dessa otimização passam pela informática. Não à toa estamos buscando priorizar essa área. Aproveito a oportunidade para agradecer à equipe de TI que não tem medido esforços para transformar palavras em ações de resultado”. Presença - Além do presidente do TRF1 e do diretor da Secin, estiveram presentes ao encontro os seguintes membros do CGTI: os juízes federais Marcelo Albernaz, Rodrigo Navarro de Oliveira e Maria Cecília de Marcos Rocha; o diretor-geral, Carlos Frederico Bezerra; o secretário-geral da Presidência, Márcio Lúcio Marques; o diretor da Secretaria de Análise, Regularidade Processual e Jurisprudência (Secar), Sérgio Faria Lemos da Fonseca Neto; o diretor da Coordenadoria de Infraestrutura Tecnológica (Coint), Bento Gomes Barbosa Junior; a diretora da Secretaria Judiciária (Secju), Gisele Metello de Mattos; a diretora da Secretaria de Gestão Estratégica e Inovação (Secge), Wânia Marítiça Araújo Vieira; o diretor da Divisão de Informações Negociais e Estatística (Diest), Gustavo Stênio Silva Sousa; o coordenador de Sistemas de Informação (Cosis), Marcos Barbosa, e o supervisor da Seção de Suporte Administrativo (Sesud), Marcelo Araújo Pinheiro
01/06/2018 (00:00)
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia